Gerente do Extra onde mortadela vencida foi reetiquetada e colocada à venda é liberado após pagamento de fiança


O gerente do supermercado de Corrêas onde fiscais do Procon encontraram 20 kg de mortadela e queijo branco vencidos reetiquetados com uma nova data de validade chegou a ser levado para a delegacia, mas acabou liberado após a rede pagar fiança de R$ 30 mil. O caso repercutiu na última quinta-feira. O material encontrado impróprio para consumo foi descartado. No mesmo supermercado também foram encontrados quase 20 quilos de alimentos com a validade vencida – em um dos casos, desde novembro de 2018.

Foram 12,5Kg de queijo branco e 8Kg de mortadela. No primeiro caso, o produto venceu em fevereiro e foi reembalado com data desta quinta (14) com validade até o próximo dia 18. Já as peças de mortadela, além de apresentar odor característico e coloração esverdeada, venceram no último dia 12 e foram reembaladas no dia seguinte, com nova validade afixada para o dia 17. Embora a nova etiqueta do supermercado indicasse o período dentro da validade, os fiscais verificaram que a do produto original apresentava a data antiga, comprovando a fraude. 

Em nota, a rede de supermercados informou que “o fato não condiz com as diretrizes da empresa, que preza pela qualidade dos produtos ofertados aos seus clientes”. Ainda segundo a nota, os produtos identificados na fiscalização foram imediatamente descartados.

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments